A identidade humana vs. Os espaços urbanos

Dan Bergeron, conhecido como ''fauxreel'' (que significa “falso real”, em francês), chamou a atenção pelas proporções de suas obras e seu desejo de requerer o espaço público para aqueles que realmente o “vivenciam” diariamente: os rostos desconhecidos da população, não celebridades em comerciais.



A proposta é criar intervenções urbanas de caráter “subversivo” que questionem a noção de espaço público. Por meio da utilização de fotografias, o artista toma paredes e muros de grandes metrópoles como telas e desenvolve cativantes obras que se misturam ao ambiente caótico das cidades.

Face of the City, a mais recente série do artista, baseia-se na impressão de rostos em locais públicos. Para o artista, a beleza das pessoas e dos espaços urbanos se encontra em suas cicatrizes, desgastes e rugas que revelam experiência, sabedoria, amor, dor e alegria. 

É a partir desses sentimentos – e das imperfeições físicas das faces humanas e da própria cidade – que encontramos quem realmente somos e como vivemos em comunidade.

''A arte está nas ruas'' - Baárbara Martinez
Informações: FFW
Beijos, @baamartinez




Já viram a nova promoção da Romwe? 
American National Day Sale at Romwe! There are a lot of American styles in it!




















Comente com o Facebook:

3 comentários:

  1. Adoorei o post, muito interessante ...
    DÊ UMA PASSADINHA-> http://antesdosquinnzer.blogspot.com.br/
    Obs: Deixe o link do blog. Sigo todos os blogs de volta !

    ResponderExcluir
  2. F A N T Á S T I C O!!!! Eu acho este tipo de arte fabulosa. A primeira e ultima foto é incrível!

    http://possoserchiquebl.blogspot.com.br/2013/06/objeto-de-desejo.html

    ResponderExcluir
  3. Oi querida, vim conhecer seu blog, adorei e já estou te seguindo para visitar mais vezes.
    Retribui seguidor?
    beijocas

    www.viniciusmamaequedisse.blogspot.com.br

    ResponderExcluir