Eu vou pular

(1) Tumblr


Eu poderia te descrever, perfeitamente, sem hesitar ou gaguejar. 
Como um dia quente, que reflete em seus olhos... Que brilham, ou seriam os meus ao verem seu sorriso? 
Seu jeito doce de se importar com tudo e ao mesmo tempo seu jeito grosseiro de impor suas enormes botas de combate, envolvendo minha cintura com seus braços, poderia ser uma mistura absurda, mas não pra mim...
Já era tarde quando você bateu a porta e eu a escancarei pra você e disse: - Entra, mas entra e fica! Então você entrou doce e profundo como um abismo, me tomou em seus braços e eu só tive tempo de pensar: Desculpem, mas eu vou pular.
Ao acordar posso sentir sua respiração fazendo cócegas em mim nuca: - Ele ficou. Poder fechar os olhos, e adormecer novamente sem medo de acordar e não mais encontra-lo ali. Enquanto você dorme, eu te observo e me perguntou como Deus pode te criou tão perfeito em cada contorno do seu rosto.
Muitas já foram às vezes em que escancarei a porta da minha vida para pessoas que eu sabia que não iam ficar, e elas nem mesmo terminaram de limpar seus sapatos no tapete que dizia “Welcome”. Mas quando você chegou, pude sentir na sua voz firme, que você iria ficar... Mesmo que demore, mesmo que a espera seja grande, sei que tudo isso até agora não foi em vão e vai valer a pena ter escolhido pular.
Você acorda devagar e posso ver seu sorriso radiante me dizendo "bom dia". Então fecho os olhos e faço uma prece para que seja você que esteja ao meu lado, segurando minha mão todas as vezes que minha escolha seja pular, pois você de certa forma é como eu, profundo e saberá antes mesmo de eu dizer que é hora de se segurar firme em mim e pular. Sem ter explicação, saberíamos.


Comente com o Facebook:

Postar um comentário