Olha só que pena

(18) people | Tumblr

Depois de você, fiquei pensando nos caras que passaram pela minha vida, que me fizeram feliz e se foram, carregando por meses o meu coração espremidinho nas mãos. Gosto de chama los de "os caras da minha inspiração" (50% do que eu escrevo é culpa deles).
Todos eles na verdade foram iguais. 

Já parou pra pensar que sempre vai ter alguém que vai chegar, te mudar, dar mundos e fundos, prometer ser pra sempre e depois simplesmente te deixar? A gente sempre aposta todas as fichas no cara que sabemos que é o errado; Sentimos (ou achamos que sentimos) por eles um amor enorme - mesmo sabendo que não é bem assim -.

O carinha da padaria, aquele da moto que passa por você todos os dias; o que você sentiu um amor tão grande e achou que não ia passar; o melhor amigo que você jurava que não ia rolar; o carinha que te amou e você não amou de volta... Aqueles caras sabe? 

Os caras são tantos que no meio desse redemoinho a gente perde aquele que devia ser o único sentimento em nós. No fundo sabemos qual é. Sabe aquele que ajuda a não stalkear, e que te faz levantar cedo disposta a viver;

Quando você deixa de correr atrás, é por que aquele outro amor está agindo. Nesse tal amor não existe cobranças, não tem ciúme, às vezes um pouco de raiva e briga, mas nada que não se resolva... Mas ele vai sempre estar lá intacto, sempre pedindo pra nunca se esquecer de senti-lo! 

Antes de amar alguém (mesmo que seja de qualquer jeito) ame-se primeiro! O amor-próprio faz você ter pena daquele carinha por ter perdido uma mulher como você. 



Comente com o Facebook:

Postar um comentário