Amor às promessas.


Ano chegando ao fim (de novo), e com isso vem todo aquele clichê de: Será que fizemos tudo o que planejamos? Tenho certeza que não. Talvez alguns planos foram esquecidos, outros mudaram de rumo, e claro, novos surgiram.

Não sei para vocês, mas pra mim muita coisa nova surgiu esse ano, principalmente pessoas e momentos. 2013 (talvez até hoje) tenha sido o ano em que mais coisas novas, boas e ruins me aconteceram.
Todo fim de ano é a mesma coisa: "no próximo eu fazei isso, isso e isso que eu não fiz este ano..." Muitas promessas são feitas e esquecidas ali mesmo, logo após os fogos.

Muitos anos podem passar, muita coisa pode mudar, e a única que quase não prometemos, mas involuntariamente cumprimos é: amar! Como amamos ao decorrer do ano, não é?! O que seria de nós pobres seres humanos sem amor?

Neste fim de ano, faça quantas promessas desejar. Cumpra se conseguir, mas acima de tudo, AME. O mundo, a tia da limpeza, o sorveteiro da esquina, sua irmã mais velha, seu boy (claro), as flores que aparecem na sua janela, e sempre: ame-se!

Ame tudo que puder, pois o amor transforma tudo... Transforma o mundo!

Feliz 2014.

Comente com o Facebook:

Postar um comentário