Vinyl e o famoso Anos 70

Vinyl, é o nome da nova série da HBO dirigida por Martin Scorsese (diretor de Lobo de Wall Street – aquele filme do mozão Leonardo DiCaprio) em parceria com o líder dos Rolling Stones, Mick Jagger. A série (que já fez meu coração bater mais forte) conta a história de um produtor musical no início dos anos 70, quando o famoso “sex, drugs and rock n’ roll” tomou conta do mundo.
Logo nos primeiros vinte minutos da série, apareceram nomes mega famosos como o do Led Zeppelin e os estilos musicais que mais bombaram naquela época, como blues, hip hop, disco e claro, o rock.

Afinal, foi no final dos anos 60 que aconteceu o Woodstock (queria um gênio da lâmpada só pra pedir pra voltar no tempo e ir naquele festival) e que estouraram sucessos conhecidos até hoje, como Imagine, do John Lennon e a maravilhosa e inesquecível Trilogia de Berlim, de David Bowie, rest in Peace, nosso eterno Starman – que, segundo boatos, vai fazer uma aparição em algum episódio.




Aproveitando a deixa sobre os anos 70, foi nessa mesma década que a moda sofreu uma das suas maiores revoluções. A libertação sexual, principalmente dos jovens e das mulheres, fez com que as roupas comportadinhas dos tempos da brilhantina fossem deixadas de lado e o hippie, o floral, as cores psicodélicas e as inspirações dos índios nativos dos Estados Unidos tomassem conta das ruas.

Entre os elementos que mais marcaram a época se destacam principalmente a cor caramelo (presente em bolsas, sapatos e coletes de franjas), faixas e panos amarrados na cabeça e muito jeans, crochê, couro e camurça. 

Apesar disso, voltando a falar de Vinyl, me pareceu que a figurinista quis simplificar e dar um ar mais sofisticado na produção – totalmente diferente do visual mega estereotipado do musical Hair – e isso é uma coisa que eu previ e conclui logo no primeiro episódio mesmo.


Não vou mentir: sou apaixonada por tudo que a moda de cada época tem a oferecer, mas sinto que os anos 70 em particular tem aquele pedacinho especial no meu coração.
O legal é que as peças dessa época são muito fáceis de achar e os preços são muito atrativos também – e não, não me refiro só a brechós. 
Então, pra ajudar vocês na procura da peça 70’s inspired perfeita pra um festival ou pra uma festinha, fui fuçar no meu guarda-roupa e na internet e separei minhas peças boho-chic preferidas, olha só:


Chapéu (R$60) - Forever 21; Bolsa de franjas (R$60) - Renner; Kimono jacket (R$140) - Zara; óculos (R$43) - zerouv.com – e sim, eles entregam no Brasil!


Toda essa minha paixonite pela década do “make love not war” não é à toa também.
Fui criada ouvindo Pink Floyd, Elton John e Bee Gees, então pra mim Vinyl foi fácil uma das séries mais esperadas do ano. Mas caso você não seja tão familiarizada com esse estilo, tanto de roupa (que inclusive cai bem na maioria dos corpos) e de música, ou não esteja tão animado pela estreia da série, eu juro que vale a pena dar uma chance, até mesmo por que tem a linda e maravilhosa da Olivia Wilde atuando e a trilha sonora te faz querer cantar muito alto.

Um beijo da nova integrante do blog,

Laryssa Alarcon (Lala)

Comente com o Facebook:

Postar um comentário