O que esperar dos Street Style deste SPFW?

Hoje começa mais uma temporada do São Paulo Fashion Week, uma das semanas de moda mais importante do mundo. Além dos desfiles, modelos, festas e mais desfiles, uma outra maneira de chamar atenção e palpitar sobre o que vai ser tendência são através dos famosos Street Style.
A prática de fotografar os looks dos convidados do evento tem sido cada vez mais comum, e muitas vezes os looks acabam chamando mais atenção que os próprios desfiles da agenda.
Por isto, recentemente algumas marcas apostaram em ''doar'' uma roupa de sua coleção nova que vai ser apresentada na passarela, para artistas, influenciadores e blogueiras usarem no dia do desfile, chamando atenção dos fotógrafos de street style, alcançando o click.

Sou fã assumida da pratica de observar e fotografar, e não é atoa que já fiz diversas matérias sobre o assunto, sei que as pessoas são a melhor forma de saber até onde a moda de passarela pode influenciar nas roupas do cotidiano.

Pensando nisso tomei a liberdade de abrir as cartas do tarot (eita!) e listar o que podemos esperar do street style desta semana de moda, como se fosse impossível não advinhar:


  • Tênis Branco
  • Adidas pra que te quero (afinal quem não quer?)
  • Fendas da cabeça aos pés


  • Saia lápis
  • Conjunto na mesma estampa 
  • Vestido justo com camisa jeans na cintura

  • Saia Suede
  • Jeans + jeans 
  • Patches


Estamos vivendo uma transformação na industria fashion onde temos consciência que o consumo está ridiculamente alto e com isso surgiram marcas conscientes e com uma filosofia bem bacana sobre o que é se vestir. Mas nesta situação também temos os fast fashion, lojas de departamento que aproveitaram cada chance e criam posse de tendências momentâneas, e com elas fabricam cada vez mais e mais, porque as pessoas precisam consumir o que chamamos de trend.

Para a coleção não basta criar apenas uma saia com fenda, vamos criar várias de várias estampas e modelos. Vamos deixar que as pessoas consumam apenas as trends até cansar de vista, sem criar um estilo próprio pois uma pessoa sem identificação vai ter que buscar cada vez mais e mais tendências impostas por lojas.


Por estas e outras razões tudo anda repetitivo, todo mundo anda igual e escolhemos uma peça nos espelhando apenas em pessoas cheias de seguidores e likes. Isto não é uma critica apenas a semana de moda, isso vem acontecendo em vários locais que podemos observar o estilo das pessoas.
Na semana passada, Jorge Grimberg estava no Estadão com um texto incrível sobre a 'Coachellização' do mundo, a pessoa mais sã consegue ver como ele tem razão em dizer que ''Os festivais de música, as semanas de moda, e as galas beneficentes retratam a geração onde um click vale mais que uma experiência''. 
A critica não é sobre usar as peças acima, até porque eu também uso grande parte delas, e sim sobre ter a sensibilidade de saber se você consome loucamente uma tendência momentânea.
Preste atenção no que você anda comprando, provavelmente você vai abrir o armário cheio de peças de roupas e pensar que não tem absolutamente nada para vestir. Pode até ser, provavelmente você realmente não tem roupas, você possui trends.

De qualquer forma tenho certeza que meia duzia de pessoas vão fazer nossa alegria pela semana com looks incomuns e com um toque todo especial.

Com amor,


Comente com o Facebook:

Postar um comentário